sexta-feira, 18 de julho de 2014

Minhas férias


Quem não tem uma boa história para contar sobre as férias? Viajar para lugares novos, brincar na rua e dormir até tarde são algumas das melhores coisas para fazer. O Mundo do Sítio conversou com três escritores e eles falaram sobre algumas aventuras que viveram quando eram pequenos.
Sônia Maria Travassos escreveu o livro “Meu avó tem oito anos” e aproveitava as férias para ir aosítio de sua avó na companhia de suas irmãs e primos.
“Juntava uma criançada danada, a gente brincava de tudo, de pique, de esconderijo e nadava na piscina. Uma vez tomei um tombo horrível de bicicleta. Eu estava descendo uma ladeira e a bicicleta derrapou, até hoje tenho a marca no joelho. A gente também brincava de casamento. Minha tia tinha um vestido de noiva e cada hora, uma das primas era a noiva e usava a roupa.”


Cláudio Fragata, autor do livro “Uma História Bruxólica”, morava em uma fazenda e durante as férias ele ia para Santos. 
“Gostava das brincadeiras de construir castelos de areia, mas o meu passatempo predileto era ficar olhando os navios”. O escritor sempre foi um grande aventureiro, igual o Pedrinho. Uma vez ele resolveu ir sozinho até o aquário da cidade para ver o leão marinho.


“As pessoas me viram sozinho e ficaram desconfiadas, então minha mãe apareceu desesperada e no fim, não consegui chegar até o aquário. No dia seguinte, meus pais entenderam que aquilo era importante para mim e me levaram até lá”.
Bia Bedran escreveu o livro “A Sopa de Pedra”, ela passava as férias de julho no sítio de seus avós junto com seus irmãos e com seus primos. O lugar era banhado por um rio e ela nadava nas cachoeiras e não parava de brincar.
“Não havia luz elétrica e ficávamos contando estrelas e vagalumes. Vovô sabia tudo sobre as estrelas, e nos contava mil histórias enquanto acendia o lampião. Havia pomar, horta, laguinho e uma enorme pedra na beira do rio, que chamávamos de Pedra da Baleia onde a gente escorregava sentados num papelão, mergulhando em alta velocidade no rio.
E você? Qual foi a maior aventura de suas férias? Conte para o Mundo do Sítio!
Créditos: Mariana Benvenido (texto)

Nenhum comentário:

Postar um comentário